Enfim, Casados!

Olá meus amores, tudo bem com vocês?

Hoje vim com um post rapidinho para avisar sobre algumas mudanças que teremos aqui no blog e lá no canal.

O nosso canal no youtube está de cara nova e de nome novo. Sim, a partir de agora farei a maioria dos videos voltados para a vida de casada, como por exemplo: Comprinhas para o lar, vlog's, diário da reforma e de decoração, tags de casais, preparativos para o casamento, entre outros assuntos, mas não deixarei de postar videos aleatório como maquiagens, tags, receitinhas, essas coisas sabem? O canal vai ficar bem diversificado, mas tendo o foco principal "CASAMENTO".  



Espero muito que vocês gostem dessa mudança no conteúdo do canal, e se vocês ainda não conhecem é só CLICAR AQUI que você vai ser direcionado para o nosso canal no youtube.

Não esqueçam de se inscrever lá para nos ajudar  !!

Então é isso meus amores, espero muito que vocês tenham gostado, não esqueçam de comentar aqui a baixo o que vocês acharam e sugestões de videos. Umm super beijo, fiquem com Deus e até a próxima :* 

Higiene Íntima - Sabonete íntimo é importante?

Olá meus amores, tudo bom com vocês?

Hoje trouxe um assunto um pouco polêmico para vocês sobre higiene intima. Você esta cuidando da sua saúde intima corretamente? Tem o habito de utilizar sabonetes próprios para a região intima? Usar sabonetes apropriados é realmente importante? 
Então hoje vim responder algumas dessas perguntas, mas lembrando que não sou nenhuma especialista no assunto, mas são dicas que uso e aprovo e vim compartilhar com vocês.


  
Quando vamos à farmacia encontramos uma variedade de sabonetes, de diversas marcas e com diversos nomes que prometem sempre a mesma coisa " cuidar da higiene intima feminina, proporcionando sensação de frescor e conforto" e é por isso que muitas vezes surge a questão: " Será que as mulheres realmente precisam de um sabonete especial para sua higiene intima? " 


  • Mas antes, oque são os sabonetes intimos? 
 Os sabonetes intimos são sabonetes que contêm o pH mais ácido, variando entre 4,5 a 5,5 portanto é o pH mais próximo ao da pele vulvar, e são hipoalergênicos, ou seja, com baixo potencial de causar alergias. E eles são compostos por ácido lático, glicerina, ácidos graxos e controladores de pH.


  • É obrigatório o uso dos sabonetes intimos diariamente?
Sim, porque ele ajuda a equilibrar o pH de sua região e se você utilizar outro sabonete que não seja apropriado ira "bagunçar" o pH intimo e poderá causar infecções e bactérias, e fora que deixa uma sensação muito agradavél de bem-estar e sem odores por mais tempo.


  • Vantagens do sabonete intimo.
O sabonete intimo é um detergente leve, ou seja, ele não remove exageradamente a gordura da pele que é protetora e evita a desidratação.


Mulheres que se preocupam muito com odores ou secreções vaginais são candidatas a usar o sabonete intimo!

Já aquelas com a pele vulvar sadia, sem historicos de alergiar ou hipersensibilidade, por vez, não sentem a necessidade de usar produtos especificos, mas evitem sabonetes muito alcalinos, que prejudicam a função e desidrata a pele.


  • Desvantagens do sabonete intimo.
Esse sabonete não pode ser utilizado em excesso, ou seja, não pode ser utilizado mais que três vezes ao dia ou quando a fricção exagerada ( esfregação que se faz sobre uma parte do corpo), pois a remoção da camada lipídica da pele pode causar desidratação e perda da proteção cutânea. O tempo usado na higienização não deve ultrapassar à 3 minutos no máximo.



O sabonete intimo pode ser utilizado todos os dias, mas pede alguns cuidados:

  • Não devem ser utilizadas nas partes genitais internas, porque a chances de reações alérgicas.
  •  Não deve ser utilizado mais que 3 vezes ao dia, o ideal é utilizar apenas 1 vez ao dia.
  • A higienização com esse tipo de sabonete não deve durar mais que 3 minutos.
  • Não exfregar exageradamente a região.

A recomendação é que a higiene seja feita apenas com os dedos, já que a bucha, cotonetes  podem raspar a vulva e provocar ferimentos.
 
A higienização deve se concentrar na vulva (parte externa), e os movimentos devem ser leves. A vagina (parte interna), se comparada aos pequenos e grandes lábios, possui menor acúmulo de gordura. Dessa forma, não há necessidade de higienização mais intensa. Além disso, a região possui pH menos ácido (e quanto mais ácido, maior o controle de bactérias e fungos) e esse nível de acidez pode ser comprometido por sabonetes e/ou jatos de água, eliminando a proteção natural e facilitando a proliferação de micro-organismos nocivos.


Informações adicionais.

  •  É necessário lavar a vagina após o xixi? E após o sexo?
Não é necessário lavar após urinar, e após a atividade sexual, pode-se lavar com água e sabonete intimo, porém, sem fazer duchas vaginais. Recomenda-se sempre urinas após a relação sexual, para diminuir o risco de cistite.
  •  Que outro tipo de sabonete é seguro para lavar a região externa da vagina?
Aqueles com pH mais ácido, sem perfume exagerado, sem atividade detergente excessiva. Sabonetes de glicerina, por exemplo.
  •  É recomendável usar lenços para higiene íntima e desodorantes íntimos?
Lenços umedecidos são úteis para higiene quando está fora de casa, deve-se ter o cuidado de não esfregar demais, para não retirar a camada protetora da pele. E algumas mulheres podem ter reações alérgicas ao seus componentes. E sobre os desodorantes íntimos devem ser evitados pela possibilidade de irritação local. O mesmo serve para papel higiênico e absorventes perfumados.
  • A mulher pode usar sabonete intimo durante o período menstrual?
Sim, o uso é o mesmo em qualquer período do ciclo.






  • O uso prolongado do sabonete íntimo pode causar algum problema?
Não, somente o uso diário exagerado ou com fricção poderá causar problemas. 





Dicas importantes

  • É preferível usar roupa íntima de algodão, que permite a transpiração. “O tecido em contato com o períneo e vulva deve permitir a transpiração e evitar irritação. E os tecidos de algodão se encaixam bem nessa descrição”, acrescenta a ginecologista.
  • Não é necessário dormir sem calcinha, mas deve-se evitar roupas muito justas para isso.
  • No período menstrual, a mulher não deve permanecer muito tempo com o mesmo absorvente, a depender da quantidade de fluxo.
  • Fora do período menstrual, os absorventes devem ser trocados em cerca de 4 horas. Os absorventes de uso diário (fora do período menstrual) devem ser aqueles sem protetor plástico, para permitir a transpiração da pele.
  • Deve-se evitar lavar a calcinha no banho e deixar secar no banheiro.
  • As calcinhas devem ser lavadas e enxaguadas muito bem, além de ficarem para secar em ambiente aberto, ventilado e, se possível, com sol. “Isso elimina resíduos químicos das substâncias usadas na lavagem, evita a umidade e a proliferação de fungos e bactérias no tecido”, destaca Marair.
  • Não exagerar na higiene íntima: não usar buchas, panos ou toalhas, não esfregar demais o sabonete líquido. “Use água para retirar resíduos e sabonete detergente leve (que faz pouca espuma) para retirar o excesso de gordura e demais resíduos”, diz a ginecologista.
  • Não fazer duchas vaginais nem banhos de assento.
  • Não usar perfumes, pomadas, desodorantes ou hidratantes na vulva sem orientação.
Outra orientação importante é fazer a limpeza com papel higiênico sempre da frente para trás, a fim de evitar qualquer contaminação vaginal.
 
Então agora você já sabe: por mais que algumas pessoas digam o contrário, sabonete íntimo não é um produto indispensável na sua rotina. Mas, sim, ele pode ser útil; é mais uma questão de opinião, de preferência. E em caso de dúvidas, é claro, não deixe de conversar com seu (ua) ginecologista.


E ai meninas, oque acharam do post de hoje? ficou bem comprido mas está cheio de informações valiosas para nós mulheres ficar com a saúde íntima em dia.

Espero de coração que todas tenham gostado, um super beijo, fiquem com Deus e até a próxima
Topo